Nosso crescimento é o seu! E o seu sucesso é o nosso!

Saiba a importância de uma frota diversificada e como funciona cada veículo nas operações logística

Uma frota diversificada é algo crucial para operações logísticas eficientes, pois diferentes tipos de veículos são projetados para atender a diferentes necessidades e condições de transporte. Ainda mais que, atualmente há diversos tipos de demandas, seja com volumes consideráveis de mercadorias, outros com pequenas remessas, além dos que necessitam de refrigeração, por exemplo. Além disso, há outros tipos de necessidades e, devido a isso, é que torna-se importante que haja uma ampla variedade de veículos.

Pensando nisso, separamos algumas das principais razões, pelo qual é importante a disponibilização de uma frota diversificada e ainda como cada veículo funciona nas operações logísticas. Confira!

Atendimento a Diferentes Demandas

  • Caminhões de Carga Geral: São os mais versáteis e podem transportar uma variedade de mercadorias.
  • Caminhões refrigerados: essenciais para o transporte de produtos perecíveis, como alimentos, por exemplo.
  • Caminhões Tanque: Usados para transportar líquidos, como produtos químicos ou combustíveis.

Eficiência Energética e Ambiental

  • Veículos Elétricos e Híbridos: Contribuem diretamente para a redução das emissões de poluentes e são eficientes em termos de consumo de energia.

Acessibilidade a Diferentes Locais

  • Veículos Menores e Vans: Geralmente são ideais para entregas em áreas urbanas ou locais de difícil acesso.

Custos Operacionais

  • Veículos Leves e Econômicos: Podem ser mais eficientes em termos de custos para pequenas entregas ou operações locais.

Tempo de Trânsito e Velocidade

  • Caminhões de Alta Velocidade: Importantes para transporte de longa distância, onde a agilidade é imprescindível.

Capacidade de Carga e Tamanho

  • Caminhões de Grande Porte: Adequados para cargas volumosas e pesadas.
  • Veículos Menores: Melhores para cargas menores e distribuição local.

Quais são os principais veículos de uma frota?

Carretas: Caminhão acoplado a um ou mais reboques, é bastante utilizado para transportar grandes volumes de mercadorias e percorrer longas distâncias. 

Caminhão Trator (ou Cavalo Mecânico): Este veículo é projetado para puxar os reboques ou semi-reboques. Logo, fornece a potência necessária para transportar grandes cargas.

Reboque e Semi-Reboque: Veículos acoplados ao caminhão trator para transportar a carga. Podem variar em tamanho e configuração, é usado para transportar diferentes tipos de mercadorias.

Truck: Também conhecido como caminhão pesado, ou trucado. Destaca-se pelo seu eixo duplo na carroceria, lembrando que ele pode ser de diversos tipos como o baú, graneleira, sider, grade baixa, entre outros. Geralmente transporta cargas de cimento, açúcar e soja. 

Caminhão Toco: Esse possui 2 eixos, um frontal e um traseiro, além de uma capacidade máxima de 6 toneladas, com PBT (peso bruto total) que ainda pode alcançar até 16 toneladas. Devido a isso, costuma transportar cargas secas e produtos diversos em distribuição, como açúcar, óleo, arroz, grãos, entre outros.

Caminhão Tanque: De modo geral, seu objetivo é transportar líquidos a granel, como combustíveis, produtos químicos ou alimentos líquidos.

Caminhão Plataforma: Conforme o próprio nome já diz, trata-se de uma plataforma aberta na parte de trás, sendo frequentemente usado para transportar mercadorias a granel ou grandes objetos que não se encaixam bem em um baú fechado.

Carreta Graneleira: Veículo para transportar grãos e outros produtos a granel. Dado que, sua estrutura permite carregar e descarregar de maneira eficiente.

Porta-conteiner: serve para transportar contêineres, pois esse tipo de veículo possui encaixes para fixação. Normalmente é comum para o transporte de cargas secas. 

Caminhão Baú: trata-se de um caminhão que é coberto e voltado para proteger a carga contra condições climáticas e possíveis danos externos. Por isso, é comum que seja utilizado para transportar mercadorias que exigem proteção extra.

Caminhão Frigorífico: Direcionado para transportar mercadorias perecíveis que carecem de refrigeração, tais como alimentos congelados ou resfriados, por exemplo.

VUC – VUC significa Veículo Urbano de Carga e também é conhecido por 3/4. São veículos de porte menor adaptados para realizar entregas dentro dos centros urbanos.

Portanto, ao compreender as características e funções de cada tipo de veículo, uma empresa logística pode otimizar sua frota conforme as demandas de suas operações. E a partir disso, obter maior eficiência, redução de custos e melhor atendimento ao cliente. Vale ressaltar que a diversificação da frota é uma estratégia-chave para enfrentar os desafios existentes do setor logístico.

A Transrapido Sinal Verde dispõe de uma frota diversificada, com veículos específicos para cada tipo de operação. Atualmente com 90 veículos próprios e aproximadamente 50 terceirizados sempre prontos para melhor atendê-los.

Dúvidas?
Entre em contato conosco